quarta-feira, 30 de junho de 2010

Dizem que coincidências não existem. E eu não sei se acredito ou deixo de acreditar nessa afirmação. O fato é que existindo ou não, encontrei essa poesia entre os meus textos. E percebi que precisava ouvir essas palavras, é isso mesmo, ouvir, pois foi como se alguém estivesse ao meu lado tentando me mostrar a simplicidade da vida.

Porque viveu intensamente sua vida
a grama seca ainda chama a atenção de quem passa.
As flores apenas florescem,
e fazem isso da melhor maneira que podem.
O lírio branco no vale, que ninguém vê
não precisa explicar-se para ninguém;
vive apenas para a beleza.
Os homens, porém, não podem conviver com o "apenas".

Você não precisa fingir que é forte
não deve sempre provar que tudo está correndo bem,
não pode se preocupar com o que os outros estão pensando
pois eles sempre irão pensar algo.
chore se tiver necessidade
é bom chorar até não sobrar nenhuma lágrima
(pois só então poderá voltar a sorrir).

2 comentários:

  1. ola amei seu blog siga o meu por favor o meu e: http://encatosencantados.blogspot.com/

    ResponderExcluir